ESTUDO DE CASO: Xangai

É por isso que o Governo Municipal de Xangai publicou o "Shanghai Transportation Development Whitepaper", apelando para uma redução sustentável do número de acidentes e fatalidades ? para manter as fatalidades anuais por 10.000 veículos motorizados abaixo de 2,63 até 2020.

Em resposta, Together for Safer Roads apoiou a colaboração entre governo, empresas, academia, mídia e ONGs para aumentar a segurança do transporte de Xangai. Juntamente com as empresas membros do Together for Safer Roads?, a colaboração inclui o Laboratório Conjunto de Pesquisa Internacional de Segurança do Transporte da Universidade Tongji, a Comissão de Transportes Municipais de Xangai, o Esquadrão de Polícia de Trânsito Municipal de Xangai, as Associações de Bebidas Alcoólicas da China, o Instituto de Trânsito e Engenharia de Xinmin Evening News e o jogador de basquetebol Yao Ming.

Em 2014, Xangai teve uma taxa de 3,73 mortes no trânsito por 100.000 pessoas, mais do dobro de Tóquio (1,6) e Hong Kong (1,7).

Juntos, os esforços estão concentrados em três áreas-chave:

  • Análise e Melhoria do Segmento Rodoviário de Crash Hotspot: Identificou, levantou e forneceu planos de melhoria para sete segmentos de rodovias e três interseções. A infraestrutura e as melhorias nas rodovias começaram através do projeto e das marcações, da fiscalização e da educação de segurança em rodovias específicas para reduzir os acidentes.
  • Análise de Segurança de Motoristas Comerciais baseada em Comportamento: Sistema e equipamento K-recorder projetado e desenvolvido para monitorar o comportamento do motorista. Trabalhando com quatro empresas de transporte, a tecnologia está sendo instalada em 40 veículos da frota.
  • Educação e Promoção da Segurança Rodoviária: Educou o público através das campanhas "Bebidas Inteligentes não deixam nada ao acaso" e "Mala Mágica de Segurança Rodoviária" e a celebração do Dia Nacional da Segurança Rodoviária em Xangai.

O Desafio Estradas Mais Seguras em Xangai demonstra o poder das parcerias multi-sectoriais para melhorar a segurança rodoviária. Por exemplo, através do programa Crash Hotspot Roadway Segment Analysis and Improvement, as mortes nas estradas intervencionadas foram reduzidas em 90 por cento e, utilizando a nossa análise e educação de segurança dos condutores comerciais baseada no comportamento, os comportamentos de risco na condução foram reduzidos em 30 por cento. A parceria multi-sectorial dá continuidade aos programas de levantamento e implementação de intervenções em estradas adicionais, bem como de avaliação do comportamento dos condutores de frotas para informar a educação para a segurança rodoviária.